Precisamos de um ambiente empreendedor

Todas as vezes que escuto as pessoas falarem que nossa região precisa investir mais em setores ligados à tecnologia para que possamos gerar mais riquezas eu faço a mesma pergunta: o que a nossa região está fazendo para fomentar o “ambiente empreendedor”?

Faço essa pergunta porque novas empresas ligadas à tecnologia não surgem porque alguém simplesmente decide que isso vai acontecer. Para que uma região se torne uma exportadora de produtos e serviços ligados à tecnologia é necessário que ela respire esse assunto 24 horas por dia, 365 dias por ano. Isso significa que não são esforços específicos que trarão os resultados esperados, mas sim um conjunto de ações realizadas por toda a sociedade. Literalmente toda a sociedade.

WhatsApp Image 2017-09-17 at 23.44.03

Temos que entender que para que seja possível o surgimento de novas start-ups é necessário toda uma cadeia que incentive o empreendedorismo, desde os indivíduos com as suas ideias passando pelos investidores que serão propensos ao risco de investir o seu dinheiro em um segmento que pode não se concretizar até os clientes, que muitas vezes são reticentes ou até preconceituosos com a ideia e postergam o sucesso de determinado produto por não compra-lo.

Essa breve explicação, no entanto, ainda é muito simples para descrever todos os fatores que influenciam o sucesso de uma cultura empreendedora em determinada região. Essa decisão em alguns casos pode até ser motivada por determinado setor, mas é necessário que toda a sociedade “compre a ideia” e abrace os riscos para um futuro promissor. Ou seja, as novas ideias precisam ser encaradas de maneira positiva e serem inclusive reforçadas para que possam ser melhoradas com o conhecimento de outros indivíduos que não necessariamente participam do empreendimento. A partir do momento que toda a sociedade está comprometida em desenvolver as capacidades da região será possível vivenciar, por exemplo, uma situação na qual o empresário da região divulgue um serviço prestado por uma empresa iniciante para o seu parceiro de outro estado. Ou então um consultor, ao ler uma entrevista de um empreendedor, pode entrar em contato não para prestar um serviço de maneira gratuita, mas sim informar sobre outras possibilidades que o jovem empresário possa estar deixando passar.

Esse tipo de movimento é fundamental para que a região possa criar negócios de alto impacto e que de fato tragam resultados. Estamos acostumados a pensar que as grandes ideias surgem nas garagens durante a madrugada ou então trancafiadas dentro de centros tecnológicos. No entanto, precisamos envolver toda a sociedade para que cada um possa dar a sua contribuição, seja financiando a nova ideia, mostrando novas perspectivas, testando o produto ou então comprando o mesmo na prateleira para demonstrar que ele é viável. Provavelmente grandes ideias se perderam no caminho porque os responsáveis não foram capazes de visualizar um caminho mais adequado para o seu negócio. Em uma sociedade que respira o empreendedorismo as chances de isso acontecer diminuem porque ao invés de invejar o (possível) sucesso do outro as pessoas se ajudam porque sabem que todos ganham quando uma nova empresa nasce e prospera.


Quer falar mais sobre isso? Entra em contato pelos comentários mesmo. Forte abraço.
Rafael Zanatta

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s